terça-feira, 16 de agosto de 2011

Interpretação e produção de texto

A COISA
Ruth Rocha

Então todos começaram a rir, muito envergonhados.
A coisa era... um espelho!
Dona Júlia tinha levado o espelho para baixo e tinha coberto com um lençol (Dona Júlia não tinha medo de fantasma, mas tinha medo de raios...)
Um dia o lençol desprendeu e caiu e se transformou na... Coisa...
Cada um que descia as escadas, no escuro, via uma coisa diferente no espelho. E todos eles pensavam que tinham visto... a Coisa.
A Coisa eram eles mesmos!
Não ria, não! Você já reparou como um espelho no escuro é esquisito?

As Aventuras de Alvinho. Ruth Rocha. Editora Melhoramentos.

Desenhe a cena final da história:













1- Responda às perguntas:


a) Por que você acha que Ruth Rocha, a autora, escolheu o título “A Coisa” para essa história?

_____________________________________________________________________________________


b) Cada um deles viu uma coisa diferente. Por quê?

_____________________________________________________________________________________



c) Em que parágrafo ficamos sabendo o medo de Dona Júlia?
_____________________________________________________________________________________





2- Numere a ordem dos acontecimentos da história:

( ) Um dia o lençol desprendeu e caiu se transformou na Coisa.
( ) A coisa eram eles mesmos.
( ) A Coisa era um espelho.
( ) Não ria, não!



3- O que significa a palavra desprendeu? Consulte o dicionário e escreva o que você entendeu dessa palavra.

_____________________________________________________________________________________









Produção de texto

Você, na certa, já levou um susto. Escreva como foi, colocando todos os detalhes.
Para organizar suas ideias, antes de escrever, pense:



1. Que susto foi esse? O que provocou o susto?
2. Onde o susto aconteceu?
3. Quando foi?
4. Havia alguém com você?

_______________________________

___________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

2 comentários: